Especialidades

Endodontia: É a especialidade que cuida das infecções e inflamações dos tecidos internos do dente (tecidos pulpares). Removendo a polpa inflamada ou mortificada, a limpeza e desinfecção do canal e a obturação do mesmo, vedando totalmente o espaço vazio ocupado anteriormente pela polpa dentária.

Odontopediatria: É a especialidade responsável por cuidar da saúde bucal dos bebês e crianças. Pesquisas mostram que o medo de dentista, que inibe os pacientes adultos a procurarem tratamento, geralmente é consequência de uma má experiência com o dentista quando criança. Por esse motivo, o trabalho do odontopediatra é tão importante. O especialista faz com que a confiança entre paciente e profissional seja estabelecida desde os primeiros anos, transformando o tratamento em uma situação menos desagradável.
Odontopediatras utilizam estratégias psicológicas para adaptar o comportamento da criança ao tratamento odontológico e técnicas voltadas para a prevenção e tratamento de doenças bucais (cárie, gengivite, bruxismo, alterações na cavidade bucal). Também fazem o acompanhamento do desenvolvimento bucal e facial da criança.Também as mães devem procurar esses profissionais ainda durante a gravidez para se informarem sobre os cuidados que devem ter com a sua própria saúde bucal e a do bebê.
Em virtude do treinamento especializado, o Odontopediatra é o profissional melhor indicado para atender as necessidades odontológicas dos bebês, crianças e adolescentes, além de orientar corretamente as gestantes.

Dentística : A Dentística tem o objetivo de devolver ao dente sua anatomia natural, restaurando-o. As restaurações podem ser de vários materiais, dentre eles: amálgama (metal), resinas composta, cerâmica. Além de poderem ser diretas (realizadas diretamente no dente) e indiretas (realizadas em laboratórios) e posteriormente cimentadas (coladas) ao dente.

Estética: Visa corrigir alguns problemas estruturais dos dentes.
Os mais comuns são:
1) Dentes apinhados (“encavalados”)
2) Dentes escurecidos, cariados ou desgastados;
3) Desarmonia entre os dentes;
4) Intervalo entre um dente e outro;
5) Ausência de dentes.

Uma novidade da odontologia estética são as Lentes de Contato : São lâminas ultrafinas  de porcelana, projetadas para cobrir a superfície frontal dos dentes para melhorar sua aparência. As lentes de contato dental são colados na frente dos dentes mudando a cor, formato, tamanho, ou comprimento dos dentes normais.

Indicado para pacientes que possuem restaurações extensas de resina , pois com o tempo as resinas mudam de cor e ficam opacas. Facetas de porcelana resistem a manchas melhor do que facetas de resina e melhor imitam a luz refletida dos dentes naturais.

Lentes de contato dental são rotineiramente usadas ​​para corrigir:

  • Dentes que são descoloridos ou por causa de um tratamento de canal; manchas de tetraciclina ou outros medicamentos, excesso de flúor ou outras causas; ou a presença de grandes preenchimentos de resina que causam a descoloração dos dentes;
  • Dentes que são desgastados;
  • Dentes que estão lascados ou quebrados;
  • Dentes que estão desalinhados, irregulares ou de forma irregular (por exemplo, têm buracos ou protuberâncias neles);
  • Dentes com espaços entre eles (para fechar o espaço entre estes dentes).

Em alguns casos , ou quando há o desejo de um branqueamento dental , é realizado o Clareamento Dental Supervisionado, que promove uma mudança de cor do dente de forma conservadora. Pode ser realizado em casa ou no consultório.

 

Prótese: Visa reabilitar através coroas unitárias, parciais , totais, podendo ser fixas , removíveis e ou sobre implantes, espaços onde existe a ausência de um dente, restabelecendo a função mastigatória, a estética e a oclusão.

Implantodontia: O implante é colocação de um parafuso no local onde antes havia a perda de um dente . Os parafusos são feitos de titânio (material biocompatível com a estrutura óssea do corpo humano). O implante é colocado dentro do osso, em um orifício feito por uma broca, assumindo o papel da raiz do dente perdido.

Ortodontia: Ortodontia é uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada. Dentes tortos ou dentes que não se encaixam corretamente são difíceis de serem mantidos limpos, podendo ser perdidos precocemente, devido à deterioração e à doença periodontal. Também causam um estresse adicional aos músculos de mastigação que pode levar a dores de cabeça, síndrome (distúrbios)da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas. Os dentes tortos ou mal posicionados também prejudicam a sua aparência.
O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda.
O tratamento pode ser realizado através de alguns tipos de aparelhos:

Aparelho ortodôntico metálico tradicional ou aparelho cerâmico estético: ambos fazem uso da Ortodontia tradicional, com braquetes metálicos ou cerâmicos, colados aos dentes e presos ao fio metálico através de elásticos.

Aparelhos Ortodônticos auto ligados (Damon System) : não necessitam de ligaduras elásticas ou metálicas para prender o fio e por esse motivo são mais eficientes. Isso diminui o atrito entre o fio e o braquete enormemente, permitindo a aplicação de forças superleves, o que é ideal para uma excelente movimentação ortodôntica, pois além de trazer mais conforto ao paciente diminui o tempo de tratamento. Em muitos casos conseguimos evitar extrações dentárias devido a expansão alcançada com o tratamento realizado com o braquete auto ligado.O mecanismo também diminui o número de consultas necessárias, já que devemos deixar o aparelho “trabalhar” de forma mais contínua, o que é uma vantagem hoje em dia uma vez que as pessoas têm cada vez menos tempo.

Ortopedia Funcional dos Maxilares: A ortopedia funcional dos maxilares (OFM) é uma especialidade da Odontologia que soluciona desequilíbrios ósseos, musculares e de funcionamento dos maxilares; alinhamento dos dentes e problemas da articulação temporomandibular.

Indicado principalmente para crianças e adolescentes  , atua direcionando o crescimento evitando ou diminuindo problemas oclusais futuros.
Estes aparelhos produzem estímulos na rede de neurônios sensoriais da boca, que levam a mensagem até o sistema nervoso central que, por sua vez, responde remodelando estruturas ósseas, musculares, articulares e funcionais. Assim, a estética da face e as funções exercidas pela boca são restabelecidas, trazendo de volta o equilíbrio do sistema bucofacial.
Outros aparelhos ortopédicos podem ajudar no tratamento de alguns distúrbios :  apnéia do sono, bruxismo (ranger de dentes durante o sono), apertar dentes, barulho feito pelo maxilar durante a mastigação, dores de cabeça, zumbido no ouvido, dor de ouvido, dores na face . Esses distúrbios quando não tratados podem evoluir para uma Disfunção Têmporo Mandibular. As DTMs (disfunções temporomandibulares) são modificações patológicas relacionadas à articulação temporomandibular (ATM), que articula o crânio e a mandíbula podendo ser tanto da parte muscular mastigatória, ligamentar e nervosa, na região buço-facial ou cervical. Estas articulações funcionam em dupla. Pode ter como consequência dores de cabeça ou pescoço, ruídos articulares (estalos), zumbidos ou plenitude no ouvido, limitação de abertura bucal, desgaste nos dentes e dificuldades na mastigação.
De etiologia ainda não definida, acredita-se que o stress seja o principal desencadeante, além de hábitos deletéricos de bruxismo, trauma na região da cabeça e pescoço, má-postura e má-oclusão.

Periodontia: Uma das especialidades mais importantes na Odontologia. Ela cuida dos tecidos de sustentação dos dentes e da saúde das gengivas. O paciente é a chave fundamental, pois sua colaboração é essencial para o sucesso o resultado do tratamento.

Cirurgia Oral Menor : é responsável pelo tratamento cirúrgico de problemas relacionados aos dentes, ossos, gengivas e bochechas. São cirurgias relativamente simples que podem ser realizadas no próprio consultório odontológico usando anestesia local.Os principais procedimentos realizados são:

Exodontias : é a extração de dente com finalidade terapêutica ou ortodôntica e remoção de dentes inclusos (que estão dentro do osso, ex. extração do dente siso);

Frenectomia labial : é a remoção cirúrgica do freio labial superior que tem sido amplamente relacionado com diastema anterior (espaço existente entre os dentes superiores anteriores);

Frenectomia lingual : é a remoção do freio lingual localizado em baixo da língua e se relaciona com a língua presa;

Cirurgias pré-protéticas : indicadas para melhorar as condições de uma região da boca a qual irá receber uma prótese dentária;

Pequenas correções ósseas: quando a área a receber o implante não possui osso suficiente são realizados enxertos ósseos , levantamento do seio maxilar

Clinica Geral : é a especialidade odontológica que envolve a prevenção, diagnóstico e tratamento de uma ampla variedade de doenças e desordens dos dentes e gengivas.  Tem como meta a odontologia preventiva, já que os exames regulares e manutenção da saúde bucal podem impedir o desenvolvimento de sérios problemas dentários que exigem onerosos tratamentos.